quinta, 03 de dezembro de 2020
Facebook Instagram Twitter Youtube E-mail
48 3191-0403
Tubarão
30 ºC 21 ºC
Geral
18/11/2020 20h40

Morador de Capivari de Baixo impede adolescente de se jogar de viaduto em Laguna: 'Foi Deus'

Lucas Bittencourt, 26 anos, voltava de Imbituba trazendo uma colega de trabalho quando viram a cena. Imediatamente desceram do carro para segurá-la
Morador de Capivari de Baixo impede adolescente de se jogar de viaduto em Laguna: 'Foi Deus'
A volta do trabalho para casa seria comum para o diretor comercial da Medcare, Lucas Bittencourt, 26 anos. Nesta terça, 17, no caminho de Imbituba para Capivari, onde mora, ele parou em Laguna para deixar uma colaboradora da empresa, a quem dá carona todos os dias. Foi quando ambos se depararam com uma cena de alerta: lá fora, uma adolescente de 14 anos subia no parapeito do viaduto do bairro Cabeçudas para pular no trilho do trem. 


“Na mesma hora paramos o carro, saímos correndo e a seguramos”, conta Lucas, relembrando o susto e a ação imediata. Logo abaixo do viaduto havia uma fiação sob a altura de um prédio de três andares: se ela caísse poderia ser fatal. “Foi muito difícil segurar. Na mesma hora pararam uns caminhoneiros e ajudaram a puxá-la para a estrada. Conseguimos segurá-la com a técnica do jiu-jítsu para imobilizar, até que os bombeiros chegassem”, descreve o rapaz.


A ocorrência foi gerada às 18h53, momento que os bombeiros se deslocaram para ajudar. Por pouco, a ação quase não foi evitada. Lucas Bittencourt acredita que Deus interveio, impedindo que o pior acontecesse. “Foi por muito pouco. A gente teve que se atrasar em Imbituba para pegar um documento. Parece que Deus atrasou a gente”. Logo em seguida, a mãe foi chamada e adolescente encaminhada ao Hospital de Caridade Senhor Bom Jesus Passos, em Laguna.

PUBLICIDADE

Suicídio na adolescência: um alerta  


As razões por trás do suicídio de um adolescente ou da tentativa de suicídio podem ser complexas. Embora o suicídio seja relativamente raro entre as crianças, a taxa de suicídios e tentativas apresenta uma maior incidência durante a fase da adolescência. Essa é a terceira principal causa de morte para crianças de 15 a 24 anos, de acordo com os Centros para o Controle e Prevenção de Doenças (CDC) no Estados Unidos. Sabe-se que pelo menos 25 tentativas são feitas para cada suicídio adolescente completo.


Sinais de aviso:


O suicídio entre adolescentes geralmente acontece após um evento de vida estressante, como problemas na escola, uma ruptura com um namorado ou namorada, a morte de um ente querido, um divórcio ou um grande conflito familiar.


Os adolescentes que estão pensando nisso podem:


•Falar sobre suicídio ou morte em geral;

Sugerir que talvez não estivessem mais para fazer determinada atividade;

•Falar sobre sentir-se sem esperança ou se sentir culpado;

•Se afastar de amigos ou familiares;

•Escrever músicas, poemas ou cartas sobre morte, separação e perda;

•Começar a dar valiosos bens para irmãos ou amigos;

•Perder o desejo de participar de coisas ou atividades favoritas;

•Ter problemas para se concentrar ou pensar com clareza;

•Experimentar mudanças nos hábitos alimentares ou de sono;

•Envolver-se em comportamentos de risco;

•Perder interesse na escola ou no esporte.


HC Notícias
48 3191-0403
48 9 8806-3734
Rua Altamiro Guimarães, 50
88701-300 - Centro - Tubarão/SC
Hora Certa Notícias © 2019. Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia