quarta, 24 de fevereiro de 2021
Facebook Instagram Twitter Youtube E-mail
48 3191-0403
Tubarão
ºC ºC
Geral
22/01/2021 10h03

Influenciadora de Tubarão é acusada de racismo após associar mau cheiro à pele negra; comentário ganhou repercussão nacional

Afirmação sobre usar desodorante para a pele negra por problemas de ‘cecê’ causou polêmica nas redes sociais. Após repercussão, ela pediu desculpas

Um storie no Instagram gravado por uma influenciadora digital de Tubarão ganhou repercussão nacional após causar polêmica nas redes sociais e está sendo interpretado como fala racista.  

O perfil de Isadora Farias está sendo alvo de críticas negativas após gravar o vídeo em uma farmácia de Tubarão, onde indicava um desodorante. Ela contou que tem problemas de "cecê" - termo utilizado para o odor causado pela combinação de suor e bactérias normalmente presentes na pele - e afirmou que usa produtos para pele negra. "Quem me segue há mais tempo sabe que eu tenho sério problema com 'cecê', eu tenho que passar desodorante bom. Inclusive às vezes eu compro de pele morena a negra porque o negócio aqui é punk", disse. 

A associação do mau cheiro à pele negra repercutiu negativamente e o vídeo foi compartilhado por centenas de pessoas nas redes sociais durante todo o dia. A empresária de Tubarão Leila Pereira chegou a gravar um vídeo para comentar a fala de Isadora e a classificou como racista. 

O vídeo de Leila ganhou grande repercussão e foi parar em páginas nacionais como Gossip do Dia – revista eletrônica de fofoca de famosos e até na revista feminina Marie Claire. “Chega a me faltar palavras que ainda neste ano, nessa cidade, vindo de pessoas com tanto poder aquisitivo, a gente escute barbaridades como esta. Queria saber, pautado em que estudo, foi concluído que a pele negra fede mais”, questiona Leila.

"A fala dessa influencer diz muito sobre o pensamento da branquitude racista, NEGROS FEDEM, essa não é a primeira vez que ouço isso e infelizmente não será a última", lamentou o perfil Ativismo Negro, no Instagram.  

A stylist e Fashion Producer de Treze de Maio Priscila Lima Carara, a Priscila Limcar, também fez uma postagem em suas redes sociais comentando o fato. “O RACISMO FEDE ... Até quando meu Deus? Até quando temos que aguentar tudo calados/as? No chão, sem voz! Até quando tudo que a gente fizer vai ser motivo de chacota, ficar em segundos, terceiros planos... nós estamos cansados de ser o PLANO B, estamos cansados de ter que ser sempre o dobro pra chamar a atenção em algo, caso contrário ninguém olha pra preto! (...)”, desabafou.

"Por qual motivo o cheiro de suor ainda é tão atribuído a população negra de forma tão peculiar?", questionou o perfil Africanize.

A dermatologista Katleen da Cruz Conceição também se manifestou e esclareceu a questão do ponto de vista clínico. "As glândulas apócrinas são maiores e em número maior na pele negra, além de produzirem maior quantidade de secreção (Hurley, Shelley, 1960). Isso não explica a diferença no odor, pois este depende da colonização bacteriana", informou. 

PUBLICIDADE
Pedido de desculpas

Após a repercussão do vídeo, Isadora voltou às redes sociais e pediu perdão, que segundo ela, é mais que desculpas. "Antes de falar qualquer coisa eu quero pedir perdão, que é mais do que desculpas, pra todas as pessoas que se sentiram ofendidas com aquilo que eu falei. Eu não sou essa pessoa racista, eu amo os negros, eu amo todas as pessoas e trato as pessoas com igualdade. Quem me conhece sabe, quem me segue e me conhece pessoalmente sabe da minha conduta, do meu caráter, das minhas crenças e eu jamais falaria qualquer coisa de maneira racista ou para ofender qualquer que seja a pessoa", disse ela, que possui cerca de 35 mil seguidores no Instagram.

"Eu tenho amigos negros, colegas de trabalho negros, convivo com pessoas negras e por isso quero deixar mais uma vez registrado as minhas sinceras desculpas por esse mal entendido", completou. O vídeo de desculpas também não teve boa aceitação e causou outros comentários negativos.

A reportagem do HC Notícias tentou contato com a influenciadora, mas não obteve retorno até o momento desta publicação.


HC Notícias
48 3191-0403
48 9 8806-3734
Rua Altamiro Guimarães, 50
88701-300 - Centro - Tubarão/SC
Hora Certa Notícias © 2019. Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia