sábado, 15 de junho de 2024
Facebook Instagram Twitter Youtube TikTok E-mail
48 3191-0403
Geral
24/02/2024 17h45

SC alcança marca histórica com mais de 1700 transplantes realizados em 2023

Esse número supera os 1521 transplantes registrados em 2022
SC alcança marca histórica com mais de 1700 transplantes realizados em 2023
Santa Catarina reforça sua posição de destaque no cenário nacional de transplantes de órgãos e tecidos ao atingir um recorde histórico em 2023, com a realização de 1713 procedimentos, conforme dados divulgados pela SC Transplantes, vinculada à Secretaria de Estado da Saúde (SES). Esse número supera os 1521 transplantes registrados em 2022


O Estado se mantém como referência, nacional e internacional, graças ao trabalho contínuo na capacitação de profissionais de saúde. A SC Transplantes investe em cursos periódicos, qualificando equipes desde a detecção da morte encefálica até a sensibilização dos familiares para autorização da doação, culminando no momento efetivo do transplante.


A secretária de Estado da Saúde, Carmen Zanotto, destaca que esse crescimento contínuo das doações se deve a um trabalho consolidado realizado em Santa Catarina, que tornou a captação de órgãos uma Política de Estado. “Ao longo dos anos as ações do SC Transplantes nos fez alcançar resultados históricos. Temos um povo solidário que compreende a importância fundamental da doação e que sabe que isso é um ato de amor. Um doador pode salvar a vida de, pelo menos, dez pessoas que aguardam por transplantes de órgãos e tecidos”.


Com os resultados de 2023, a SC Transplantes atinge a marca de 22.358 mil transplantes realizados ao longo de duas décadas de história. Outro destaque é o percentual de doações por milhão de população (pmp), com Santa Catarina apresentando um índice de 42,5, em comparação com a média nacional de 19,9 para o mesmo período, segundo a Associação Brasileira de Transplantes de Órgãos (ABTO).

PUBLICIDADE
Para Joel de Andrade, coordenador da SC Transplantes “o sucesso contínuo de Santa Catarina no campo dos transplantes reflete não apenas a eficiência do sistema de saúde, mas também o comprometimento da população e dos profissionais envolvidos, solidificando o Estado como um modelo a ser seguido no âmbito dos transplantes de órgãos no país”.


A aceitação das doações também merece destaque, evidenciando os esforços na conscientização da população. Santa Catarina apresenta índices de recusa após entrevistas inferiores à média nacional, com apenas 30%, enquanto no Brasil a média é de 42%.


PUBLICIDADE
No ano de 2023, a córnea liderou os transplantes realizados com 810 procedimentos. Em seguida vem rim de doador falecido com 255 transplantes, esclera (tecido ocular) com 211 procedimentos, fígado de doador falecido (139) e osso (112).


Atualmente, o Sistema Estadual de Transplantes de Santa Catarina conta com a colaboração de 65 instituições hospitalares doadoras. Os serviços de transplantes estão distribuídos em 28 estabelecimentos de saúde, muitos dos quais realizam transplantes de mais de um tipo de órgão ou tecido.


HC Notícias
48 3191-0403
48 9 8806-3734
Rua Altamiro Guimarães, 50
88701-300 - Centro - Tubarão/SC
Hora Certa Notícias © 2019. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.