quarta, 19 de junho de 2024
Facebook Instagram Twitter Youtube TikTok E-mail
48 3191-0403
Geral
02/05/2024 12h55

(Vídeo) Após enchente, balsa à deriva atinge ponte no Rio Grande do Sul; veja vídeo

O governador Eduardo Leite (PSDB) declarou estado de calamidade pública devido aos mais de 100 municípios impactados pelo temporal no estado
(Vídeo) Após enchente, balsa à deriva atinge ponte no Rio Grande do Sul; veja vídeo

Uma balsa, que estava à deriva no Rio Taquari, atingiu uma ponte na cidade de Lajeado, no Rio Grande do Sul. A região vem sofrendo com as fortes chuvas, e há a confirmação de 13 mortes no estado, conforme divulgado pela Defesa Civil. 

As imagens foram registradas pelo Grupo A Hora, e divulgadas nas redes sociais. O vídeo mostra que, após o impacto, a balsa, que não tinha pessoas embarcadas, virou e ficou represada na ponte que fica na BR-3886. 

PUBLICIDADE

O Vale do Taquari é uma das regiões mais afetadas pelas chuvas, e nível do rio na cidade de Lajeado subiu para 33,15m. Com a forte correnteza, a balsa de Santa Tereza se soltou e ficou à deriva, passando pelas cidades de Colinas e Arroio do Meio até chegar em Lajeado, onde colidiu contra a ponte da BR 386. 

 

Além das mortes, ao menos 21 pessoas ainda estão desaparecidas no Rio Grande do Sul. O governador Eduardo Leite (PSDB) declarou estado de calamidade pública devido aos mais de 100 municípios impactados pelo temporal no estado. O decreto permanecerá em vigor por 180 dias.

PUBLICIDADE

Santa Maria é a cidade com mais mortos: são três, no total. Paverama e Salvador do Sul contabilizam dois óbitos cada. Já os municípios de Encantado, Itaara, Pantano Grande, Santa Cruz do Sul, João do Polêsine e Segredo tiveram um registro de morte. 

 

As aulas nas escolas estaduais foram suspensas. De acordo com o último boletim da Defesa Civil, 321 instituições foram afetadas, em 138 municípios. Há ainda outras 102 escolas danificadas, em 54 municípios. 

 

O decreto de calamidade pública estabelece que os órgãos e entidades da administração pública estadual devem prestar apoio imediato às áreas afetadas, em estreita colaboração com a Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil. O texto também prevê a possibilidade de os municípios afetados solicitarem auxílio semelhante, cujas solicitações serão avaliadas e homologadas pelo Estado, garantindo uma resposta ágil e coordenada diante da emergência.


HC Notícias
48 3191-0403
48 9 8806-3734
Rua Altamiro Guimarães, 50
88701-300 - Centro - Tubarão/SC
Hora Certa Notícias © 2019. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.