sábado, 15 de junho de 2024
Facebook Instagram Twitter Youtube TikTok E-mail
48 3191-0403
Geral
07/05/2024 08h50

Braço do Norte tem uma representante auxiliando na tragédia climática do Rio Grande do Sul

A enfermeira Idailane Barrozo, do Samu de Braço do Norte, que é gerido pela Prefeitura Municipal através da Secretaria de Saúde, aproveitou os dias de folga para se voluntariar
Braço do Norte tem uma representante auxiliando na tragédia climática do Rio Grande do Sul

A enfermeira Idailane Barrozo, do Samu de Braço do Norte, que é gerido pela Prefeitura Municipal através da Secretaria de Saúde, aproveitou os dias de folga para se voluntariar. Diante do cenário de desastre, recebeu a permissão da gestão para ficar mais uma semana. “É uma forma do Município se solidarizar com o Rio Grande do Sul, já que ela já está lá auxiliando”, comentou o secretário de Saúde, Sérgio Arent e a secretária adjunta Deisy Mattei.

 


Idailane conta que um amigo médico (Thiago Mappes), e sua esposa dentista (Pollyana Cavalcante Almeida), mobilizaram uma equipe que, além dela, que é enfermeira com curso de resgate, conta também com mais uma enfermeira de Tubarão (Maria Isabel Alves) e uma agente comunitária de saúde (ACS) (Adriana de Oliveira Ricardo), de Jaguaruna, que aproveitaram os dias de folga para atuar como voluntários. “De início fomos para um abrigo na PUC-RS, e pela manhã fomos direcionados para um ponto onde havia necessidade de médicos e enfermeiros no local, principalmente para pessoas que necessitavam de um atendimento de imediato como diabéticos e hipertensos”

PUBLICIDADE

A enfermeira conta que, se juntou a equipe do Corpo de Bombeiros para realizar resgate de idosos, crianças, pessoas que precisavam de assistência de enfermagem. “Nós fomos dentro das embarcações, com barqueiros e população, fazendo resgates dentro dos prédios e casas. Acredito que conseguimos resgatar mais de 150 pessoas e diversos animais”.

 


Um dos momentos mais marcantes foi a retirada de uma idosa acamada, que utiliza sonda e aparelhos, onde foi necessário subir em uma sacada e utilizar técnicas de conhecimento adquiridas no curso de resgate, já que o momento necessitava de cuidado e preparo.

PUBLICIDADE

Conforme Idailane, o cenário é desolador. “É caótico. Um desespero total das pessoas. Algumas irredutíveis de deixar suas casas, o único bem que elas têm. Muita gente perdeu tudo, perderam carros, roupas, mobílias. Em alguns locais a água chegava até três metros de altura, muitas casas apareciam apenas os telhados, muitos animais encima dos telhados. Já a notícia de que haviam corpos boiando, ao menos na área em que eu estava, não é verdadeira. Havia muita gente nos prédios, que foram subindo os andares e salvando alguns pertences, conforme o nível da água foi elevando também. Também muitas crianças assustadas, chorando, famílias separadas umas das outras, muita gente precisando de apoio, carinho, cuidado e afeto, inclusive aqueles que estão realizando os salvamentos”.
O último atendimento da enfermeira na noite de ontem, domingo, 05, foi de uma família que estava em um hotel. “Já era noite, quase 19 horas, e resgatamos essa família, uma criança de aproximadamente cinco anos, a mãe gestante de cerca de quatro meses, que trabalha neste hotel, e o pai. Então, apesar do cenário desolador, é gratificante saber que muitas pessoas foram resgatadas com vida”.

 


Segundo a enfermeira, as maiores necessidades neste momento são alimentos, cobertores, repelentes, medicamentos, roupas, toalhas de banho, itens de higiene, roupas íntimas, fraldas descartáveis para crianças e fraldas geriátricas.
Idailane e seu grupo retornaram para a região na madrugada de segunda-feira para buscar roupas e alguns pertences e retornou para o Rio Grande do Sul para concluir o voluntariado.


HC Notícias
48 3191-0403
48 9 8806-3734
Rua Altamiro Guimarães, 50
88701-300 - Centro - Tubarão/SC
Hora Certa Notícias © 2019. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.