quinta, 29 de outubro de 2020
Facebook Instagram Twitter Youtube E-mail
48 3191-0403
Tubarão
24 ºC 16 ºC
Segurança
25/09/2020 11h21

Polícia prende mulher que mandou matar marido cadeirante em Jaguaruna; o suspeito de ser o executor do homicídio também foi preso

A dupla confessou a execução do homicídio, divergindo somente em relação ao valor negociado para o cometimento do crime
Polícia prende mulher que mandou matar marido cadeirante em Jaguaruna; o suspeito de ser o executor do homicídio também foi preso

Após quase quatro meses de investigação, a polícia civil elucidou um homicídio ocorrido em junho, no Centro de Jaguaruna. Na data, um homem de 45 anos, portador de paraplegia, foi morto com um disparo de arma de fogo na cabeça, no interior de sua residência, localizada no Centro de Jaguaruna.

A testemunha presencial relatou que um indivíduo com sotaque gaúcho e com o rosto coberto entrou no quarto da vítima, com um revólver em punho, e efetuou o disparo de forma imediata, revirando rapidamente o armário do cômodo, em seguida, com o intuito de simular um latrocínio.

Após investigações, a polícia concluiu que o crime foi executado por um homem de 28 anos, natural do Rio Grande do Sul, a mando da esposa da vítima, uma mulher de 42 anos, mediante a promessa de uma recompensa em dinheiro.

Na manhã desta sexta-feira, 25, foi dado cumprimento ao mandado de prisão preventiva expedido em desfavor da mandante do crime. Ela foi encaminhada ao Presídio Feminino de Tubarão. A dupla confessou a execução do homicídio, divergindo somente em relação ao valor negociado para o cometimento do crime.

PUBLICIDADE
O executor


No dia 16 de setembro, na cidade de Porto Alegre, a equipe de investigação da Delegacia de Polícia de Jaguaruna deu cumprimento ao mandado de prisão temporária – posteriormente convertida em preventiva – expedido em desfavor do executor do crime, o qual permanece recolhido na Penitenciária de Canoas, uma vez que também é investigado pela prática de um homicídio, cometido naquele município, no mês de abril. As diligências contaram com o apoio da 1ª Delegacia de Homicídios de Porto Alegre.


HC Notícias
48 3191-0403
48 9 8806-3734
Rua Altamiro Guimarães, 50
88701-300 - Centro - Tubarão/SC
Hora Certa Notícias © 2019. Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia