quinta, 22 de outubro de 2020
Facebook Instagram Twitter Youtube E-mail
48 3191-0403
Tubarão
23 ºC 19 ºC
Variedades
20/09/2020 19h30

A jornada do herói não se limita apenas a ficção, ela também está no mundo real

Sempre é uma aventura sair do ambiente seguro de casa, do carinho dos pais, acampar em meio à floresta, viajar para outro país.
A jornada do herói não se limita apenas a ficção, ela também está no mundo real

Harry Potter, até a chegada da carta de Hogwarts, vivia em seu mundo comum. Peter Parker, em meio a sua rotina diária, foi picado por uma aranha. Em Star Wars, Luke está na casa do Ben Kenobi quando é apresentado ao sabre de luz pertencente ao seu pai. É inegável que existe uma semelhança no início de cada uma dessas histórias. Já parou para pensar que muitos desses filmes ou livros podem estar seguindo um mesmo norte de enredo e passando por etapas iguais de construção? Joseph Campbell, em sua obra “O Herói de Mil Faces” chamou isso de “Jornada do Herói”.


O livro foi publicado em 1949, sendo resultado de uma longa e minuciosa pesquisa da estrutura de mitos, lendas e fábulas em diversas culturas. Campbell observou na maioria das histórias a existência de um herói e que a narrativa girava em torno de suas peripécias. A jornada do herói é um tipo de enredo bem familiar a todas as sociedades e por isso se tornou um modelo muito usado por roteiristas de filme e escritores, como George Lucas, que o utilizou na saga Star Wars. Christopher Volgler, no livro “A Jornada do Escritor: Estrutura Mítica para Roteiristas”, inspirado na obra de Campbell, sistematizou o processo.

PUBLICIDADE
A Jornada do Herói é dividida em 12 etapas. O personagem principal começa em seu mundo comum, vivendo a rotina diária. De repente algo inesperado ou incomum acontece, chamando-o para a aventura. Entretanto, ele fica com receio de encarar o desafio e recusa o chamado, por estar enfrentando o maior dos medos: o desconhecido. Geralmente então o herói encontra-se com um mentor que o encoraja a enfrentar a aventura e ingressa num novo mundo. Uma vez na nova realidade, o herói naturalmente passa por testes, faz aliados e inimigos, e começa a aprender as regras do Mundo Especial. Aproxima-se do seu objetivo, que está em um lugar de extremo perigo, quando encara sua provação máxima, ficando entre a vida e a morte. Ele sobrevive, ganha sua recompensa, faz seu caminho de volta para a terra natal. Às vezes também, em meio ao retorno, resolve uma trama secundária, mas no fim retorna transformado por toda a aventura vivida. 



A narrativa heroica não se restringe apenas a histórias fictícias. Ela também pode se encaixar em muitas histórias reais, com heróis verdadeiros. Sempre é uma aventura sair do ambiente seguro de casa, do carinho dos pais, acampar em meio à floresta, viajar para outro país, ou em jornadas mentais, sentimentais, do coração ou do espirito, travando batalhas épicas, em vestibulares, faculdades ou serviço militar e enfrentar grandes desafios. No final da jornada, o estudante, o aventureiro, o herói retorna transformado, podendo enriquecer o mundo com suas descobertas e com todo aprendizado adquirido. Assim, torna-se o verdadeiro protagonista dessa história chamada vida.


Em qualquer boa história, o herói cresce e se transforma, fazendo uma jornada de um modo de ser para outro: do desespero à esperança, da fraqueza à força, da tolice à sabedoria, do amor ao ódio, e vice-versa. ​

- Cristopher Vogler “A Jornada do Escritor”

​​ 

“O herói, por conseguinte, é o homem ou mulher que conseguiu vencer suas limitações históricas pessoais e locais e alcançou formas normalmente válidas, humanas. 

- Joseph Campbell “O Herói de Mil Faces”


HC Notícias
48 3191-0403
48 9 8806-3734
Rua Altamiro Guimarães, 50
88701-300 - Centro - Tubarão/SC
Hora Certa Notícias © 2019. Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia