sexta, 18 de outubro de 2019
Facebook Instagram Twitter Youtube E-mail
48 3191-0403
Geral
09/09/2019 21h22

Acamado há dois anos, jovem de Araranguá precisa urgentemente de ajuda

Lauro Malgarise tem 19 anos. A família precisa arrecadar uma média de R$ 4 mil reais até o fim do mês de setembro.
Acamado há dois anos, jovem de Araranguá precisa urgentemente de ajuda
O jovem Lauro Malgarise sofreu um acidente no fim do mês de outubro de 2017, quando recém tinha completado seus dezoitos anos. O morador do bairro Mato Alto, em Araranguá, sofreu um acidente de motocicleta quando adentrava na BR-101, nas proximidades da Sanga da Toca. A alegria pela chegada da maioridade foi travada por este acidente, já que Lauro acabou perdendo a movimentação de todo o corpo. Desde então a família vem passando por necessidades constantes.

A reportagem do Portal Agora visitou a família e conversou com mãe do jovem, Andreia Malgarise. “Há dois anos a nossa vida virou de cabeça para baixo. O Lauro sempre foi um jovem trabalhador e estudioso, inclusive no dia do acidente ele estava indo entregar a moto que tinha vendido para comprar um carro para ele, mas fomos surpreendidos por essa tragédia. A partir disso o Lauro depende de nós para tudo, os seus movimentos estão voltando aos poucos, ele voltou a ser criança”.

Hoje, por conta das diversas limitações do jovem, a família tem gastos intensos. “O Lauro usa diversas fraudas por dia, o que representa um gasto muito grande; ele também precisa de acompanhamento de profissionais de fonoaudiologia e fisioterapia. Hoje meu marido ganha R$ 1.600 e o Lauro tem um benefício de R$ 900,00, mas nosso custo, só com o Lauro, ultrapassa a soma desse valor. Estamos sempre contando com a solidariedade das pessoas amigas;

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
hoje não tenho vergonha de dizer que dependo todo mês de muitas pessoas”.

Perante muitas e intensas dificuldades, algo bom surgiu na vida família, eles conseguiram um tratamento de 45 dias no Hospital Sara Kubitschek, em Brasília, a partir do próximo mês, mas, o transporte e estadia até a capital nacional não foi doada pelo governo estadual, o pedido feito foi negado. “Dia seis de outubro temos que estar lá, mas não temos condições de arcar com todo o custo, inclusive, vamos deixar nosso filho mais novo em Araranguá. Eu só quero ver meu filho bem, andando novamente”, ressaltou a mãe de Lauro.

A família precisa arrecadar aproximadamente R$ 4 mil reais até o fim do mês de setembro; para isto, um almoço está sendo vendido e será realizado no dia 22 de setembro, no Salão da Assembleia de Deus, no bairro Vila São José em Araranguá. Além disto, uma vaquinha solidária está sendo compartilhada na internet e doações podem ser feitas. “Toda ajuda é bem-vinda, hoje eu só quero ver meu filho como antes, andando, se alimentando sozinho, conversando. Eu farei tudo pelo meu filho”, pontuou emocionada.

As pessoas que quiserem doar algum valor em dinheiro ou alguma colaboração para o evento social, podem entrar em contato com a família e com idealizadores da campanha.

Andreia Malgarise – Mãe (48) 9 -9809-9589

Rodrigo Melzi – Colaborador (48) 9-8484-4889 

Vilza Zamara – Colaboradora (48) 9-9638-6333


Fonte: Agora!
HC Notícias
48 3191-0403
48 9 8806-3734
Hora Certa Notícias © 2019. Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia