sábado, 15 de junho de 2024
Facebook Instagram Twitter Youtube TikTok E-mail
48 3191-0403
Geral
02/03/2024 10h42

Moraes vota para condenar empresária Camila Mendonça Marques a 17 anos de prisão

O julgamento da empresária de Tubarão está em curso e deve encerrar em 8 de março. A sentença inclui 15 anos e 6 meses de reclusão, 1 ano e 6 meses de detenção e 100 dias-multa
Moraes vota para condenar empresária Camila Mendonça Marques a 17 anos de prisão
O ministro Alexandre de Moraes, relator da ação penal no Supremo Tribunal Federal (STF), votou pela condenação da empresária Camila Mendonça Marques, de Tubarão, à pena de 17 anos, por sua participação nos ataques de 8 de janeiro contra prédios públicos em Brasília. A sentença inclui 15 anos e 6 meses de reclusão, 1 ano e 6 meses de detenção e 100 dias-multa. Moraes também solicitou o pagamento de R$ 30 milhões em indenização por danos morais coletivos, além do início da pena em regime fechado. O julgamento está programado para encerrar no dia 8, aguardando os votos dos demais ministros da Suprema Corte.
PUBLICIDADE

Camila Mendonça Marques, empresária de Tubarão, enfrenta julgamento no STF com a possibilidade de ser condenada a 17 anos de prisão pela participação nos ataques a prédios públicos em Brasília, ocorridos em 8 de janeiro. O ministro Alexandre de Moraes, relator do caso, emitiu seu voto pedindo a condenação e destacando a gravidade dos crimes, incluindo abolição violenta do Estado Democrático de Direito e associação criminosa armada. Além da pena de prisão, Moraes solicitou o pagamento de R$ 30 milhões em indenização por danos morais coletivos. O julgamento está em curso e deve encerrar em 8 de março.

PUBLICIDADE
O julgamento da empresária Camila Mendonça Marques, de Tubarão, no Supremo Tribunal Federal (STF), iniciou-se nesta sexta-feira, dia 1º, com o voto do relator Alexandre de Moraes. Moraes pediu a condenação de Camila à pena de 17 anos por sua participação nos ataques contra prédios públicos em Brasília, ocorridos em 8 de janeiro. O ministro argumenta que a ré teve participação ativa nos eventos, comprovada por evidências como fotos e vídeos encontrados em seu celular, além de auxílio financeiro aos atos. O julgamento está previsto para encerrar no próximo dia 8, aguardando os votos dos demais ministros da Suprema Corte.

HC Notícias
48 3191-0403
48 9 8806-3734
Rua Altamiro Guimarães, 50
88701-300 - Centro - Tubarão/SC
Hora Certa Notícias © 2019. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.