quarta, 28 de outubro de 2020
Facebook Instagram Twitter Youtube E-mail
48 3191-0403
Tubarão
27 ºC 16 ºC
Segurança
17/09/2020 08h26

Suspeito de matar idosa a facadas é preso em Imbituba

A vítima foi encontrada morta dentro de casa no final de julho
Suspeito de matar idosa a facadas é preso em Imbituba

A polícia civil deflagrou uma operação para cumprir mandado de prisão contra o suspeito de ter assassinado uma idosa com três facadas no pescoço no final de julho. A vítima foi encontrada morta em casa. Inicialmente havia suspeita de que a idosa teria caído em seu quarto e rompido uma artéria, o que justificaria a quantidade de sangue encontrada no local.  

Porém, o órgão de perícia criminal constatou que três facadas no pescoço seria a causa da morte.

Uma investigação foi iniciada com o testemunho de familiares, vizinhos, pessoas próximas, perícia técnica no local dos fatos e exame cadavérico, além da coleta e análise de imagens das câmeras de segurança que ficavam próximas ao local.

 Nas imagens foi possível observar o suspeito saindo de uma casa vizinha por volta das 3h30 da madrugada e entrando na casa da vítima em horário compatível com o óbito, onde permanece por cerca de 10 minutos e sai do local.

PUBLICIDADE
Após os depoimentos das testemunhas, foi representado pela prisão provisória do investigado, bem como pela busca e apreensão em endereços que ele estaria ocupando, locais em que foi possível apreender aparelhos celulares que serão submetidos à análise.

“A prisão provisória no caso em apreço é necessária e adequada para garantir a efetividade das investigações e na coleta de outros elementos de prova, assim como para dar uma resposta aos familiares e à sociedade que também sangram diante de um crime com gravidade desta envergadura, como a morte a facadas de uma pessoa idosa”, comenta o Delegado Nicola Patel Filho, responsável pelas investigações.


HC Notícias
48 3191-0403
48 9 8806-3734
Rua Altamiro Guimarães, 50
88701-300 - Centro - Tubarão/SC
Hora Certa Notícias © 2019. Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia