terça, 27 de julho de 2021
Facebook Instagram Twitter Youtube E-mail
48 3191-0403
Geral
15/06/2021 21h13

Após Cristiano Ronaldo dizer que pessoas devem beber água ao invés de Coca-Cola, marca perde US$ 4 bilhões

Jogador português retirou duas garrafas do refrigerante de sua frente durante uma entrevista coletiva na Eurocopa
Após Cristiano Ronaldo dizer que pessoas devem beber água ao invés de Coca-Cola, marca perde US$ 4 bilhões
A Coca-Cola não teve o melhor início de semana. Depois de ver Cristiano Ronaldo tirar da frente duas garrafinhas do refrigerante na entrevista coletiva de Portugal ontem (14) na Eurocopa, a empresa apresentou uma perda de US$ 4 bilhões em valor de mercado logo após a atitude do português.


O mercado abriu ontem com as ações da Coca-Cola custando cerca de US$ 56,10 (cerca de R$ 285). Meia hora depois, as ações apresentaram uma desvalorização de 1,6%, alcançando um valor mínimo de US$ 55,22 (cerca de R$ 280). O jornal "Marca", da Espanha, afirma que a queda aconteceu 30 minutos depois do fim da entrevista coletiva de Cristiano Ronaldo.

PUBLICIDADE
A queda das ações fez a Coca-Cola ter uma perda no valor total de mercado de US$ 4 bilhões, caindo de US$ 242 bilhões para US$ 238 bilhões. Ainda que os fatos tenham acontecido muito próximos um do outro, não é possível garantir que o gesto de Cristiano Ronaldo tenha sido o único responsável pela perda de valor de mercado da Coca-Cola.


"Mesmo que tenha gerado um movimento de venda pontual, a fala do jogador não tem nenhum impacto no fundamento da empresa, que continua sendo a patrocinadora do campeonato e inclusive vende muitos outros produtos além do refrigerante. Resumindo, mesmo que esse fato pontual tenha estimulado a queda, não dá para dizer que o gosto pessoal de um atleta, por mais influente que seja, possa afetar a ação no longo prazo", explica Paula Zogbi, analista da Rico, corretora de investimentos.

PUBLICIDADE
CR7 contra Coca-Cola


Durante coletiva de imprensa da Eurocopa realizada nesta segunda-feira, o português Cristiano Ronaldo moveu duas garrafas de Coca-Cola que estavam sobre a mesa. Após afastar o frasco do refrigerante, o craque pegou uma garrafa de água e fez gestos dando a entender que o correto é beber água, não refrigerante.



Fonte: UOL
HC Notícias
48 3191-0403
48 9 8806-3734
Rua Altamiro Guimarães, 50
88701-300 - Centro - Tubarão/SC
Hora Certa Notícias © 2019. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.